. . .

11 de abr de 2017

RPPN Buraco das Araras recebe visita de pesquisadores argentinos



No ultimo dia 10, a RPPN Buraco das Araras recebeu a visita de Sebastián Di Martino, Leandro Daniel Vásquez, Maite Rio Noya, Gustavo Alejandro Solis e Emanuel Alberto Galetto, cinco pesquisadores argentinos que tentam retirar a Arara-Vermelha-grande da lista de animais extremamente ameaçados de extinção no país vizinho. Eles vieram conhecer, aprender e estabelecer parcerias com a equipe do Buraco das Araras a fim de conseguir companheiros e conhecimento em sua luta pela preservação da espécie.

O Guacamayo rojo (como é chamada a nossa arara-vermelha-grande na Argentina), já é considerado extinto em algumas listas de animais da Argentina e, o Proyecto Iberá é parte importante para evitar que a situação das aves se agrave.


"O primeiro grupo de sete Araras perto da área de Monte Rey no local Cambiretá, norte do Ibera foi solto em Outubro de 2015. Embora a resposta do público foi entusiasta e vizinhos, os animais liberados nascidos em cativeiro, que não conseguiu se adaptar bem a viver livre, e alguns foram mortos e outros foram perdidos. Atualmente tem um grupo de oito exemplares em um grande viveiro em Monte Rey onde eles estão ativamente sendo treinados para que eles possam voar longas distâncias e se alimentam principalmente de frutas nativas. Cinco outras aves estão na Rescue Center Aguará, na província de Corrientes, onde eles serão transferidos para Monte Rey para soltura futura."
Postar um comentário