UMA CAMINHADA SUAVE - para todas as idades

. . .

12 de mai de 2017



Entre os dias 29 de Abril e 1º de Maio, a RPPN Buraco das Araras participou do Festival do Papagaio-charão-e-peito-roxo na cidade de Urupema (SC). O festival abordou diversos temas como conservação da ave temática do evento, conservação do pinhão, o potencial de Urupema para observação de aves, manutenção das florestas de araucárias, educação ambiental, entre outros.




Edson Moroni e Tietta Pivatto

A RPPN Buraco das Araras, representada pelo colaborador Edson Moroni, participou do evento através de uma palestra com tema "Potencial da Arara-Vermelha como Símbolo para Observação de Aves no Município de Jardim (MS)".









No dia 10 de Maio, o Buraco das Araras Ecoturismo foi convidado pela agência Acqua Studio de Viagens, a ministrar uma capacitação e treinamento aos seus agentes de turismo. Foram abordadas diversas temáticas sobre a história do passeio, atividades e projetos de preservação desenvolvidos, abordagens com os visitantes, argumentos para vendas, entre outros.


A capacitação ocorreu no auditório da Associação Comercial Empresarial de Bonito e participaram os agentes Sandrielly, Jander, Renata, Fernanda e Tiago. O treinamento fez parte do programa interno de capacitações promovidos pela agência, em parceria com diversos atrativos.

8 de mai de 2017



No dia 05 de Maio, os colaboradores Edson Moroni e Bruno Marin identificaram e registraram a 152ª espécie de ave da RPPN Buraco das Araras: o Martim-pescador-grande., que foi avistado inicialmente próximo ao lago no interior da dolina e depois subiu as margens do segundo mirante para que pudesse ser melhor fotografado.



Mede 42 centímetros e pesa de 305 a 341 gramas. Maior espécie da família no Brasil. Bico grande (8 centímetros), às vezes com matizes encarnadas; partes superiores azuladas; garganta e pescoço brancos. Macho com o peito e o ventre uniformemente ferrugíneos até a região do crisso, que é branco. Coberteiras inferiores das asas brancas.
Fêmea com o peito cinza azulado, uma faixa branca abaixo do peito e o ventre ferrugíneo, incluindo o crisso. A fêmea tem as coberteiras inferiores das asas ferrugíneas.
Macho imaturo semelhante à fêmea, por também apresentar uma faixa branca cortando o peito, mas a diferença é a extensão da área ferrugínea do ventre (até a região do crisso nos machos, até chegar às retrizes nas fêmeas).

28 de abr de 2017



A prática de observação de aves, hobby antigo na Europa e nos Estados Unidos, vem ganhando cada vez mais adeptos no Brasil. Não existem estatísticas oficiais, mas o WikiAves – site de conteúdo interativo direcionado à comunidade brasileira de observadores de aves – tem 17.452 usuários cadastrados, dos quais muitos são praticantes dessa atividade. A maioria deles está concentrada em seis estados: São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.
Ser ou tornar-se um observador de aves ou birdwatcher – cuja data nacional é comemorada em 28 de abril – é relativamente simples. A atividade pode ser realizada por todas as pessoas, independente de suas limitações. Para iniciar, é preciso ter interesse, vontade e alguma dedicação.



Fonte: Ornithos

25 de abr de 2017



Entre os dias 21 e 23 de Abril de 2017 ocorreu na cidade de Cuiabá-MT a Feira Internacional do Turismo Pantanal, que reuniu diversas organizações e empresas do setor turístico do Brasil e de países da América do Sul.



E a RPPN Buraco das Araras, representada pelo colaborador Edson Moroni Vicente Cardoso Marques, estava presente no estande do Estado do Mato Grosso do Sul, para divulgar as belezas e encantos que a natureza sul-mato grossense oferece a seus visitantes. Também participaram do evento outros parceiros do trade de Bonito e Serra da Bodoquena e Pantanal Sul, além do diretor-presidente da Fundação de Turismo do MS Bruno Wendling e outros.




A Organização Mundial do Turismo declarou que o ano de 2017 é o ano do turismo sustentável para o desenvolvimento, por isso a FIT Pantanal 2017 teve como tema principal o turismo e sustentabilidade.