. . .

3 de out de 2013

Ave da Semana - Seriema

Olá caro leitor! 

Esta semana estaremos apresentando a princesinha do cerrado brasileiro, a Seriema ou Siriema.

Esta ave, muito comum na região, já foi motivo até de música, uma das mais conhecidas é a "Siriema", de Nhoê Pai e Mario Zan.

"Oh, seriema do Mato Grosso, teu canto triste me faz lembrar 
Daqueles tempos que eu viajava, tenho saudade do teu cantar
Maracajú, Ponta Porã, quero voltar ao meu Tupã
Rever os campos que eu conheci, oh seriema eu quero ouvir..." ___Nhô Pai e Mario Zan

Nome popular: Seriema

Nome científico: Cariama cristata

Nome em inglês: Red-legged Seriema

Ordem: Cariamiformes

Família: Cariamidae

Descrição: Ave típica dos cerrados brasileiros, a Seriema possui porte imponente e cauda longa. Tem plumagem cinza-amarelada e finas riscas escuras no abdômen, bico e pernas. Sua crista é formada por um tufo de penas alongadas e uma das poucas aves que possuem pestanas.

A Seriema pode atingir uma altura média de 70 centímetros, podendo chegar a 90 centímetros de comprimento e pesar até 1,4 quilos. Seu porte jovem pode ser igual ao dos adultos, para poder diferenciá-los, observe a cor dos olhos, nos adultos os olhos são acinzentados, já nos jovens, são amarelados.

Ao cantar, pode ser ouvida a mais de um quilômetro, em um solitário ou dueto grito longo e alto, que parecem longas risadas.

Hábitos: Ave comum nos cerrados, campos sujos e pastagens. Anda pelo chão, aos pares ou em pequenos bandos, e quando perseguida, foge correndo podendo atingir uma velocidade de 50 km/h. Para dormir, tem o hábito de se empoleirar no alto das árvores.

Alimentação e reprodução: Sua alimentação é regada a insetos até pequenos invertebrados, alimentação muito semelhante a de um gavião. Mata suas presas com o bico, uma vez que seus dedos são relativamente pequenos e sem garras. Se acostumada à presença humana, pode frequentar os jardins das casas.

Seus ninhos ficam de quatro a cinco metros do chão, utiliza gravetos e galhos frágeis, utilizando estrume de gado, barro ou folhas secas para forrar o ninho. Põe dois ovos branco-rosados, com manchas castanhas, e o casal alterna-se para chocar os ovos, período que dura aproximadamente 30 dias.

Ao nascer, o filhote tem uma penugem amarronzada, fina e longa na cabeça. pós duas semanas no ninho, este abandona o ninho com os pais.


Seriema


Seriema



Mais informações podem ser encontradas no site WikiAves (http://www.wikiaves.com/seriema)

Postar um comentário